Casamento: Crises e acertos após os filhos- 20 Minutos de Terapia

casamento.20minutospratudoNunca entendi a ideia de algumas pessoas de que filho “segura” o casamento! Pra mim filho é o teste final do casamento! Com a chegada de mais uma pessoa e formação da família, o casal sempre passa por uma “crise”. A vida mudou para os dois, os dois mudaram e esse momento de “crise’ pode evoluir para uma família sólida ou para a separação. A Juliana Benevides, nossa querida psicóloga fala hoje sobre isso! Como fica o casal e o relacionamento após o nascimento dos filhos! Vem conferir!

Casamento crises e separação

“A parentalidade é vista no ciclo de vida familiar como uma fase de transição que pode trazer muitas mudanças na qualidade da relação do casal. O nascimento do primeiro filho, especialmente, é a experiência vivenciada mais relevante porque simboliza o final do “romance” dos casais para a entrada no papel de pais, onde os mesmos podem ( ou pelo menos deveriam…) se conscientizar de que existe algo muito maior que agora os une, além de reposicionar seus valores vindos das famílias de origem para construírem os seus próprios valores. Algumas pesquisas evidenciam inclusive que alguns casais que não optam pela vinda de um filho possuem uma felicidade e satisfação melhor na relação do que os casais que atravessam esta fase porque, muito provavelmente, não sofrem o impacto das mudanças biológicas, sociais e psicológicas.

O desenvolvimento da paternidade e da maternidade é  condição essencial para que haja um desenvolvimento sadio na relação conjugal. Para isso, ambos devem aceitar a nova condição de pais, adaptarem-se ao novo estilo de vida, unirem-se na divisão de tarefas e educação, reorganizarem-se financeiramente através do diálogo e da flexibilidade. Essa mudança pode gerar uma relação conjugal harmônica, mas a ausência desse apoio, dessa mútua compreensão e até da não-aceitação do papel de pai/mãe pode desencadear um conflito que pode gerar uma separação.

Nessa fase é comum percebermos em consultório quem amadurece e consegue dar prosseguimento aos novos papéis e quem não aceita as modificações. Pode notar-se também uma regressão no comportamento ou no pensamento, onde impede-se um diálogo favorável à mudança. Este é o momento onde mais atende-se, na terapia de casal, uma crise no casamento, já que os estudos indicam que a chegada do primeiro filho tem implicação direta na quantidade de separações dos casais seja pela insatisfação, dificuldade de negociação, conflitos, discordância de regras e normas, intromissão de parentes, baixa ou inexistência de libido, dentre outros.

O casal pode perceber, por outro lado, esse período de transição e se unir mais, demonstrando companheirismo, parceria e redefinindo algumas prioridades para a nova vida em família. Esse ajustamento e adaptação acontece quando um sujeito consegue ter empatia com o outro e juntos criam estratégias para melhorar a relação enquanto passam por esse desafio. É importante salientar que não existe regra para que isso não aconteça. A forma como cada casal se relaciona, o modo como cada um consegue perceber o outro, o vínculo e o respeito, a admiração e o amor, são fortes aliados para essa passagem, mas podem não anular seu acontecimento. Aceitar, com humildade, que pode-se estar errando com o/a parceiro/a e tentar fazer diferente é também uma forma de vivenciar esse momento.

E, se juntos não conseguirem estabelecer um novo contrato de família, o ideal será buscar ajuda profissional especializada para diminuir o impacto do sofrimento que agora envolve um bebê que também sente e reage neste momento.

Compreender que construir uma família não surge da noite para o dia com a chegada do recém-nascido e reconhecer que, portanto, haverá momentos de discordância e de concordância para que possa-se chegar a uma decisão em comum acordo e que pode existir ou criar-se um meio termo para solucionar tais demandas é essencial para a vida saudável deste casamento.

Um abraço,

Juliana Benevides”

logoJu

Anúncios

Conte aqui o que você achou do texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s