20 Minutos de Terapia – Trabalho e Maternidade: Dilemas

maternidadeecarreira.20minutospratudoCostumo dizer que nenhuma mulher está realmente preparada para enfrentar o dilema “Trabalho X Maternidade” até se tornar mãe. Na nossa cabeça de mulher moderna, antes de temos filhos, é simples demais continuar trabalhando após ser mãe. É só deixar o filho na creche e seguir em frente. Simples assim! Ah que bom seria de verdade se fosse. Acontece que com aquele “serzinho” indefeso nos braços, começam as culpas, cobranças e dilemas em relação à carreira. Existe “fórmula mágica”? Não! Existe escolha perfeita? Não! Existe padrão? Não! Cada mãe e cada família são únicas e a escolha adequada, só você vai fazer! Sobre isso a nossa querida psicóloga Juliana Benevides fala no texto de hoje do 20 Minutos de Terapia, vem conferir!

Trabalho e Maternidade: Dilemas

O desafio é constantemente colocado à prova. Como ser mulher, mãe e profissional? Sem dúvida esta é a maior, senão a pior, inquietação que surge com a chegada dos filhos. Inicia-se então uma série de autocobranças baseadas nos modelos de mulher/mãe contemporânea, que são aquelas que a maioria acompanha: uma mãe que cuida do lar, dos filhos e desempenha uma atividade remunerada. E, o detalhe, fica por conta da ausência. Quem foi que disse que esse projeto de mulher (que estamos ainda insistindo em construir e impor como modelo ideal de perfeição) bem sucedido, bem resolvido conseguiria estar presente efetivamente em tudo?

O dilema já existe. Desejar ser/exercer todos esses papéis sem culpa ou viver para ser mãe em tempo integral também sem culpa? Percebeu que a culpa se instala independente das escolhas que fizermos? Então, agora, tire a culpa e pondere. Qual o projeto de vida que você sonhou para você? A maternidade apresenta diversas possibilidades, retira algumas, bem como ressignifica outras até então impensadas. Você pode trabalhar e deixar seu filho na escola, trabalhar e deixar seu filho com cuidadoras, trabalhar e deixar com amigos, familiares. Você pode deixar de trabalhar? E o que você quer realmente?

Lembro de uma paciente que depois que se tornou mãe sentiu que sua vida perdeu o sentido. Ela compreendia que ser mãe era se anular para todos os outros papéis que a vida apresentava. Enquanto sofria tentando se libertar de tudo isso, vestia-se à caráter para levar sua bebê de 4 meses na escola onde ficaria período integral. Como assim? Ela ia para escola deixar a filha vestida elegantemente como se fosse trabalhar para não ser julgada de incompetente, fracassada. Na verdade não tinha trabalho remunerado. Exercia o papel de mãe e mulher, o que para ela era difícil e duro demais. Meses depois, começou a analisar as outras mães e a se comparar. Como foi complicado para ela ser autêntica em sua escolha. Viver e sustentar essa ilusão de que ser mãe 24 horas por dia era maravilhoso caiu por terra ao ver que outras mulheres tinham a mesma atitude, com mais filhos inclusive!

Porém, as opções trazem perdas também. É inevitável, faz parte da vida. A tentativa de minimizar o sofrimento (ou de conquistar alguma liberdade) é balancear o que faz mais sentido para você dentro da sua realidade. Não existe fórmula perfeita. Aliás, qual maternidade que é? Escolha, crie uma possibilidade e veja que você pode ter a opção de modificá-la. Porque as escolhas não são fixas e imutáveis, fazem parte do nosso processo de crescimento e, com essa experiência anterior, tomar novas decisões favorecerá a sua vida, a sua relação com seu trabalho e filhos.

Sofrer e se angustiar não vai resolver esse conflito. Você pode até mudar de trabalho, mas se estiver insatisfeita isso pode impactar diretamente na sua saúde mental. O que realmente importa é como você deseja lidar com esses papéis na sua vida. Deixar de desempenhar algum deles porque se sente obrigada, coagida é, certamente, um indício de adoecimento. Liberte-se dos paradigmas e construa sua maternidade singular e, porque não, feliz!

E, se precisar, busque ajuda!

Um grande abraço,

Juliana Benevides

Psicóloga Perinatal

CRP: 17.844/01

 

Anúncios

Conte aqui o que você achou do texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s