Será que sua casa é um ambiente seguro para as crianças?

perigosparacrianças.20minutospratudo

Fogão um ponto de atenção! Foto: Evolutioness

Semana passada participei de uma palestra muito bacana do portal Saúde 4 Kids sobre ambiente seguro para as crianças. Esse é um tema que não sai de moda e que não devemos nunca parar de nos preocupar e informar! São acidentes que você não imagina que podem acontecer mas acontecem! Vamos falar sobre isso hoje? Peço que ao final do texto, se você tiver algo a acrescentar e dividir com outras mães, não deixe de comentar! Afinal vamos sempre enriquecendo e nos ajudando a garantir a segurança dos nossos filhos!

Falando um pouco do Saúde 4 Kids que se trata da união de 3 pediatras que buscam passar informações e ajudar cada vez mais pais e mães e filhos! As meninas tem uma página super bacana! É só clicar aqui que você vai lá conhecer!

Primeiro vamos falar de dados! Sabia que atualmente, 4,7 mil crianças morrem por acidentes no ano? Sabia que 122 mil crianças são hospitalizadas por ano devido a acidentes? Para cada morte, 4 crianças tem sequelas e 90% dos acidentes são evitáveis! Números que dão nó na nossa garganta de mães e pais mas, precisam ser falados para nos darmos conta da gravidade de um ambiente inseguro para nossos filhos.

Não estamos preparados. Não temos muita noção. Nossa casa não é segura para criança antes de termos filhos. Só nos “tocamos” mesmo de muita coisa, depois que eles nascem, e mesmo assim, tem coisa que só depois de um tempo é que entendemos de verdade!

Vamos entender um pouco qual a principal causa de morte por acidentes, por faixa etária, aí depois disso, vamos falar sobre como prevenir!

  • Antes de um ano de idade, a principal causa de morte é o sufocamento, seguido pelos acidentes de trânsito e depois pelos traumas (quedas), em seguida, afogamentos, queimaduras, choques e envenenamentos
  • De 1 a 4 anos a principal causa de morte é o afogamento! Seguido por atropelamento, acidentes de trânsito como passageiro de veículo e depois sufocamento, queimadura com fogo e queda.
  • De 5 a 9 anos, temos o afogamento como principal causa de morte, seguido pelos acidentes de trânsito (passageiro e atropelamento) e depois temos quedas e sufocamento.
  • De 10 a 14 anos, temos novamente o afogamento como maior vilão, seguido pelo trânsito e aqui temos morte por acidentes com bicicletas e depois quedas e eletrochoques como principais causas.

Com esses dados, podemos observar como temos que nos adaptar ao longo dos anos, pois com o desenvolvimento da criança, alguns “perigos” vão mudando, e outros vão ficando mais “críticos”mas, como prevenir?

Como e o que temos que ficar atentos em casa?

Vamos pelas causas:

  1. Sufocamento: As causas de sufocamento da crianças são várias! Quando muito pequenos podem ser por refluxo do próprio leite quando a criança não foi posicionada corretamente no berço, protetores de berço que não são mais recomendados, principalmente aqueles com laços, bichinhos, e coisas que possam prender as crianças, hoje em dia o que mais se recomenda é o uso de um protetor em formato de rede, que não tem como causar nenhum perigo ao bebê. Travesseiros, cobertores, bichinhos de pelúcia, cortinas, naninhas, isso tudo pode ser perigoso! É bom sempre ter atenção! Um perigo que tem sido mais relatado hoje é o acidente com balões (bexigas) a criança pode aspirar um pedaço do balão e sufocar. A borracha pode bloquear a entrada de ar e o pozinho branco dos balões causa pneumonia. Os casos com acidentes com balões geralmente são fatais!
  2. Traumas e quedas! Esse é um assunto delicadíssimo! Fato: a criança vai cair! O que temos que fazer e minimizar os riscos para ela! Muita atenção aqui aos trocadores! NUNCA, NUNCA mesmo tire a mão da criança enquanto ela estiver no trocador! Ela vira em questão de segundos e cai! Outro ponto aqui são as telas de proteção em janelas! Todas as janelas devem ter telas ou grades! Por mais alto que estejam! A criança pode se apoiar em algo para subir na janela, então evite colocar camas e sofás próximos a essas áreas! Preste atenção nos berços,se já precisa abaixar o coxão e nas minicamas ou caminhas, sempre com a grade protetora! Beliches só são recomendados depois dos 12 anos de idade! Assim a criança tem menos risco de queda e tem coordenação motora para subir e descer sem problemas!
  3. Afogamentos: Você sabia que a criança até 4 anos precisa de apenas 2,5cm de água para se afogar?Pasmem, mas o maior número de afogamentos de crianças nessa faixa etária não acontece em piscinas, ou no mar, mas em banheiras, baldes e vaso sanitário! Sim!!! Bastam segundos de distração e uma criança pode se afogar dentro de casa! Pense! Não deixe a criança sozinha na banheira, nem para atender a porta, cuidado com a água nos baldes e com o vaso sanitário! Acompanhe a criança sempre no banheiro! Existem também travas para as tampas do vasos! Mas, temos que nos preocupar com piscinas também e muito! Elas devem estar sempre com acesso bloqueado e de preferência com lona!
  4. Queimaduras e choques! A cozinha é um dos ambientes mais inseguros para nossos filhos por conta do fogão! A criança vê o que fazemos e tende a imitar à “sua maneira”. Panelas devem ter sempre o cabo virado para dentro, o fogão deve ter trava de proteção no gás, o forno quando estiver ligado, não deve ter criança por perto! Aqui temos que nos atentar para o ferro de passar também! Sobre choques, protetores de tomadas são essenciais, assim como organizadores de fios! Um ponto super importante: carregadores de celular! Nunca os deixe na tomada! A criança pode colocar o carregador na boca e tomar um choque que pode ser fatal!
  5. Envenenamentos! A criança fantasia, ela pode achar que o seu limpador de chão é suco de uva! Todos os produtos de limpeza devem ser guardados no alto, ou bem trancados! (ou os dois)! Aqui atenção para os remédios! Devem ficar em uma caixa, longe da visão da criança! Esconda mesmo! Dentro do armário, pegue o remédio sem que ela veja! Um descuido e ela pode tomar um remédio sem que você saiba!
  6. Acidentes de trânsito! Sempre transporte a criança no dispositivo de retenção correto! (bebê conforto, cadeirinha, ou assento de elevação) Uma batida a 40Km por hora projeta uma criança com a força de 100Kg! Para ir na padaria da esquina leve no dispositivo! Ensine a criança atravessar a rua, dê exemplo, atravesse na faixa! Ensine a manter contato visual com o motorista! E quando você for o motorista, se atende para saída de prédios, condomínios, cruzamentos, escolas e pense: “sempre atrás de uma bola, tem uma criança correndo”!

Minha experiência: quando pequena , vi uma prima que cuidava de mim, passando roupa, ela colocava a ponta do dedo na boca e checava a temperatura do ferro! Lembro do barulho que fazia…Aquele da água em contato com a superfície quente. Quando minha prima foi levar as roupas para o quarto, eu “testei” o ferro na palma da mão. Lembro nitidamente da sensação e da dor. Queimei toda a palma da mão em segundos!

Com o Biel tive também um susto. Eu guardava seus remédios nos ninchos da gaveta superior da sua cômoda. Ele não alcançava. Um dia disse que precisava tomar um remédio abriu a gaveta e pegou o Tylenol. Eu assustei muito! Não percebi que ele já alcançava a gaveta! Na mesma hora tirei tudo, coloquei em uma caixa e escondi no meu armário. Ele não sabe mais onde fica!

São coisas que não esperamos! São coisas sérias, são segundos para causar uma dor insuperável! Vamos ficar atentos?

Se você tem algo que gostaria de acrescentar, fique á vontade para comentar! Vamos adorar sua participação! Se acha esse assunto importante, compartilhe para o máximo de pessoas que puder!

Quero agradecer a Saúde 4 Kids por nos ajudar num assunto tão importante! A Segurança dos nossos filhos!

 

 

 

Anúncios

Conte aqui o que você achou do texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s