Guia de sobrevivência de uma mãe em reeducação alimentar

reeducacaoalimentar.20minutospratudo

Foto:Site Lucilia Diniz

Quem me acompanha aqui no blog e nas mídias sociais sabe que eu estou em reeducação alimentar. Sim eu sou nutricionista, sim estou acima do peso e sim, estou fazendo reeducação alimentar. Como uma nutricionista pode estar acima do peso? Bom, primeiramente o processo de mudança e emagrecimento tem um lado psicológico muito forte! Têm pessoas que ligam suas frustações na comida e isso nutricionista nenhuma resolve. Você tem que se resolver interiormente para conseguir. Eu expliquei os meus motivos no post “Porque eu resolvi mudar” (é só clicar na frase que ele te leva ao texto).

Já que resolvi mudar e muita gente se resolve todos os dias, uma querida amiga a Cris (Crixxx pois ela e carioca) do Blog “Prosa de Mãe” me sugeriu fazer um post com as coisas que considero essenciais para se ter em casa em reeducação alimentar. Daí está saindo esse “Guia de sobrevivência de uma mãe em reeducação alimentar” . A ideia e indicar aqui as coisas que me ajudaram no processo e que me ajudam com as receitas que crio. (Você encontra várias receitas aqui e aqui)

Então vamos lá?

Primeiramente o essencial são frutas e verduras! Faço feira de 15 em 15 dias e não fico sem: Banana (compro prata e nanica), maçã, laranja lima, uva, melão, pera, manga (muitas das frutas aqui são as preferidas do Biel). Legumes: cenoura, beterraba, abobrinha, inhame, ervilha fresca, rabanete, brócolis, berinjela, vou comprando de acordo com a aparência e o preço…e variando, verduras: alface e rúcula! Esses não vivo sem! Mas compro escarola, espinafre, couve, repolho, por aí vai…Minha geladeira sem frutas e legumes não pode ficar!

Carnes magras: tento optar por carnes magras e frango. Carnes magras são aquelas sem gordura aparente! Por exemplo, um lombo de porco sem gordura é uma boa carne!

Ovos: ovo já foi o grande vilão da humanidade! Hoje em dia é considerado  hoje em dia o segundo melhor alimento do mundo, perdendo apenas para o leite materno! A base das minhas receitas geralmente é ovo e aveia!

Aveia: Ah minhas amigas já falam comigo: “#aveiaforever né Ari?” Sim! Amo aveia, acho um dos alimentos mais funcionais do mundo! Sabe o que a aveia tem? A aveia é ótima fonte de fibras, proteínas, ferro, magnésio, fósforo, zinco, manganês, vitamina B1 e vitamina B5. Ela ajuda a regular seu intestino, dá saciedade, reduz a vontade de comer doces, ajuda a controlar o colesterol ruim! Vai ficar sem usar aveia?

Linhaça: outro alimento funcional! eu sempre tenho a farinha e o grão. Gosto da linhaça dourada. A linhaça tem: ácidos graxos essenciais (precisam ser ingeridos, o corpo não produz) ômega 3 e é rica em fibras alimentares solúveis. É ótima fonte de magnésio, fósforo, manganês e vitamina B1 e boa fonte zinco e selênio. Ou seja, além da propriedade antioxidante que vai ajudar a prevenir doenças cardíacas e câncer, a linhaça também ajuda nas funções intestinais, aumenta a saciedade e reduz a vontade de doce, por conta do magnésio.

Chia: Ah a chia! Essa é minha companheira, eu uso assim: Coloco duas colheres de sopa em um copo grande de água, deixo mais ou menos uns 20 minutos e tomo! Ela vira uma gelatina (não é muito agradável de tomar) mas segura demais a fome! Dá uma saciedade enorme! Além disso a chia tem: mais potássio que a banana (2 vezes mais), mais ferro que o espinafre (3 vezes mais), mais calcio que o leite integral (6 vezes mais), mais ômega 3 que o salmão (8 vezes mais),mais magnésio que o brócolis ( 15 vezes mais) aí você me diz: Vou viver de chia…(risos) Na verdade ela é calórica, para te ajudar na perda de peso o indicado são duas colheres de sopa ao dia. Elas tem em 100 gramas mais nutrientes que os elementos citados, mas para se comer 100 gramas de chia você teria um trabalhinho… então vamos nos atentar as quantidades!

Farinha de casca de maracujá: A farinha de casca de maracujá é ótima para pratos doces. Ela é rica em pectina que é uma fibra que ajuda na regulação do intestino e na redução dos famosos “picos glicêmicos” quando ingerimos uma quantidade grande de carboidrato simples e o açúcar do sangue sobe com muita rapidez. A farinha de casca de maracujá tem: fibra pectina, a vitamina B3 (niacina), ferro, cálcio e fósforo. por reduzir os picos glicêmicos, ela consequentemente ajuda nosso corpo a reduzir a resistência à insulina, essa propriedade além de ajudar a prevenir o diabetes tipo II ainda ajuda com o controle da vontade de comer doces! (Viu porque gosto dela?)

Cacau: Eu gosto de chocolate. O Cacau me ajuda! Além de ser um alimento funcional, o cacau deixa as receitas com o gostinho do chocolate. O cacau tem: magnésio ( mais do que qualquer outro alimento, por isso temos desespero de chocolate na TPM), ferro, cromo e Anandamida que é uma edorfina, substância que libera a sensação de bem estar no corpo que o chocolate dá, tem também a Theobromina, uma substância que ajuda a combater a cárie e é vasodilatadora, ajudando o coração, além de uma série de antioxidantes que ajudam na prevenção do câncer! O cacau é considerado um alimento funcional e te ajuda a não atacar o chocolate no processo de reeducação alimentar.

Óleo de girassol e azeite extra virgem: uso sempre os dois. A tendência é se usar pouco óleo vegetal na comida, um litro de óleo aqui em casa dura mais de 3 meses. Azeite extra virgem é um alimento rico em gordura boa, que ajuda a melhorar o colesterol bom (HDL) que protege o coração. Mas não se deve aquecer o azeite extra virgem à altas temperaturas pois ele perde essa propriedade

Açúcar mascavo orgânico. Aqui em casa aboli o açúcar branco, só uso o mascavo e de preferência orgânico. Em caloria os dois são iguais. A diferença é que o açúcar branco passa por um processo de refinamento com muitas substâncias químicas que não são legais para o nosso organismo. Nesse processo ele perde todos os nutrientes, sendo somente açúcar. O Açúcar mascavo mantém parte dos nutrientes da cana ainda. Mas, usar com moderação! Aqui em casa um quilo dura em media 2 meses e meio.

Temperos: Para reduzir o sal, use sempre muitas ervas, eu tenho vários temperinhos secos como noz moscada, açafrão, orégano, cominho, alecrim, flor de sal e especiarias como canela, cravo… Uso muito cheiro verde, cebola, alho, salsão, hortelã, manjericão… Isso tudo dá sabor e reduz a quantidade de sal utilizado.

Farinha de trigo integral. Não uso mais a farinha branca. A integral tem fibra, que ajuda na saciedade, reduz o pico de glicemia… Por isso, sempre será melhor nutricionalmente!

Bom pessoal, esse é meu primeiro Guia! Anotei tudo o que lembrei! Em breve coloco mais coisa aqui, ou faço outro!

Queria que vocês comentassem, o que acharam?

Anúncios

12 comentários sobre “Guia de sobrevivência de uma mãe em reeducação alimentar

  1. Cris disse:

    Amiga querida, primeiramente muito obrigada por atender meu pedido e fazer essa lista tão explicadinha pra todas nós mamães q estamos em busca de um vida mais saudável.
    Tô tomando nota de tudo e fiquei aqui pensando em como usar alguns itens q listou como a farinha de casca de maracujá e a linhaça… (Sou nova nesse processo, então muitas dúvidas!!)
    A aveia eu já tenho aqui… Realmente ela é ótima, estou adorando e vou colocando nas frutas e bolo.
    Tô adorando aprender com suas dicas e conhecer mais de cada alimento.
    Muitooo obrigada!! Bjs

    Curtido por 1 pessoa

  2. Tatiane Junqueira disse:

    Ari, adorei o texto, simples, pratico e objetivo! Estou aqui me matando para perder meus 8 kilos pq quero engravidar e não queira estar acima do peso! Obrigada pelas dicas manda mais informações para nos!!! grande beijo!!!!

    Curtir

  3. raquel disse:

    Amiga, eu adorei o seu post! Eu tô precisando fazer uma re educação alimentar por aqui também! Suas dicas foram preciosas! Aos poucos estou tentando mudar algumas coisas na alimentação aqui de casa, pois eu gostaria que todos aqui encarassem essa comigo. Não seria justo só eu me alimentar saudável e deixar minha família fora dessa, né?!
    bjos
    Raquel
    http://www.eudonadecasa.com.br

    Curtido por 1 pessoa

  4. Dotes&Rubis disse:

    Amei as dicas, estou nesse processo também, tirei fotos a 6 meses atrás e fui comparando, já foram 7 quilos embora, e em medidas da pra ver uma diferença nítida, ainda faltam 6 quilos e muito treino pra ficar tudo durinho, isso tudo depois de 4 filhos, Beijos, Força para nós!
    Doteserubis.com

    Curtir

Conte aqui o que você achou do texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s