As crianças e a seletividade para comer, o que fazer?

CYMERA_20150624_212031

Biel me ajudando com a Panqueca do Hulk (panqueca de espinafre) Envolva a criança na atividade! Você vai se surpreender!

Começa a introdução alimentar, você se desdobra, faz 500 mil papinhas saudáveis, com 500 mil legumes diferentes e a criança ama! Come tudo, raspa o pratinho! Aí você fica feliz até que por volta dos dois anos, ele fica “independente” vem o famoso “terrible two” e ele começa a escolher cada coisinha que vai comer, já sabe falar, já sabe pedir, e nessa hora você tem duas escolhas (na verdade em todas as horas) ceder aos desejos do baixinho (ou baixinha) ou insistir. Insistir arduamente sem “previsão” de quando essa “fase” vai passar!

Por aqui sempre me preocupei com a alimentação do Biel e sempre ofereci de tudo, o mais saudável que consegui. Mas, é claro que ele tem suas preferências pois é um indivíduo, com sua PERSONALIDADE. Essa personalidade começou a se mostrar mais evidente de uns meses prá cá quando ele começou a se comunicar melhor verbalmente. Isso é natural, a criança tem essa fase de descoberta dela própria, e várias coisas vão mudando na cabecinha deles. O Biel começou a escolher o que comia, Começou a deixar o brócolis no prato, a cuspir a cenoura, a dizer não para a beterraba, o alface então coitado, tava sem vez por aqui! E eu é claro me preocupei por 5 segundos, e depois pensei: o negócio é insistir.

Insista, não mude a rotina, não mude os hábitos, não facilite! Se ele gostar só de batata e você fizer batata todos os dias, só vai reforçar isso e ele vai entender que é só reclamar. Como mães ficamos sempre pesarosas e com receio de que eles vão comer pouco, então que comam o que queiram, e aí erramos.

A criança não nasce com “vícios” alimentares, nós a induzimos a isso. Rotina é fundamental. Continue fazendo a comida e oferecendo normalmente. Ele não comeu nada e pediu leite, explique: “Filho, agora é hora do almoço, não é hora do leite, se você não quer almoçar tudo bem, mas não tem leite. Só na hora do lanche agora.” Seja firme, a criança precisa entender que a rotina não vai mudar em função de suas preferências. É rotina e pronto! Eles nos testarão eternamente.

Uma outra “dica” valiosa é seja lúdica! Ele está na fase dos super heróis? Ela está na fase das princesas? Assimile a cor dos alimentos ao personagem favorito da criança. Hoje comemos panquecas do Hulk ( panquecas de espinafre), ele adorou pois era do Hulk… Faço sopa do Relâmpago Mcqueen ( vermelha, com beterraba), Macarrão com legumes do Kung Fu Panda e por aí vai, e o interesse volta.

Envolva a criança da produção da refeição. Mostre o legume, fale o nome, a cor. Leve na feira, mostre sempre o que vai preparar e dê uma atividade para a criança. Eu levo Biel para cozinha sempre, falo o que estou fazendo, dou uma atividade para ele e depois agradeço por ele ter me ajudado. E ele come pois ele ajudou a fazer! Todo feliz! Pode parecer trabalhoso levar a criança para a cozinha, mas é recompensador! É uma alegria, experimente, vocês vão adorar esse momento.

Você ofereceu o alimento,novo e ele não gostou? Insista! A criança precisa provar pelo menos 9 vezes o mesmo alimento para realmente dizer que não gosta. Insista! Apresente de outras formas, vou até fazer propaganda de uma querida amiga, Andrea do Blog Coisas da Lara que faz comidinhas divertidas incríveis e fáceis de recriar,afinal, alimentação saudável vale todo o esforço do mundo.

Enfim, educar é difícil, dizer não é difícil, mas amar é ensinar o correto, até na hora de se alimentar!

Insista!!! As coisas vão voltar ao que eram, pode confiar!

Abaixo um vídeo sobre alimentação de uma campanha da Amil, para você ver como vale a pena insistir!

Aqui os links da Andrea do Coisas da Lara para você se inspirar!

Blog Coisas da Lara

Instagram Coisas Da Lara

Facebook Coisas da Lara 

Anúncios

2 comentários sobre “As crianças e a seletividade para comer, o que fazer?

  1. Coisas da Lara disse:

    Amiga queriiiiida…… obrigada pelo carinho. Por aqui deu super certo. Faço essas comidinhas desde a papinha! E Lara nunca deu trabalho nenhum para comer. Mesmo quando não faço as comidinhas divertidas. Bjokas no seu coração!

    Curtir

Conte aqui o que você achou do texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s