Já vai para a escolinha? O que você precisa saber para escolher!

20 minutos pratudo escolinhaE hoje venho falar de um assunto que tem feito parte do meu pensamento nos últimos dias. Tenho me preparado para a escolinha. Biel vai fazer dois anos e resolvemos que é hora de colocá-lo. Foi uma decisão fácil? Nem um pouco… Fico pensando em mil coisas, se ele ficará bem, se cuidarão bem dele, que o tempo passou rápido demais! É complicado… É delicado! Muita gente diz que as mães choram mais que os filhos na adaptação da escolinha. Acho que serei uma dessas!

Antes de alguém pensar “mas para que tudo isso?” ! Vou logo dizendo: separar é difícil! Tenho total noção racional de que os filhos são do mundo. Minha cabeça pensa isso, mas meu coração não!  Como então eu decidi que ele iria para escolinha? Olhamos várias escolas e protelamos muito para matricula-lo. Sabe o dia D? O dia da decisão? Biel ama crianças! Um dia, uma amiguinha do prédio estava voltando da aula. Biel queria brincar, ela tinha que ir para casa. Foram 15 minutos de choro sentido querendo o “neném”! 15 minutos de lágrimas seguidos de “mamãe, té neném”. Nesse dia me decidi que era melhor ele ir e ter crianças para conviver e brincar.Então chegou a hora!

Mas esse texto é para falar um pouco sobre o que observar quando for escolher a escolinha. Vou contar o que observamos por aqui

  1. Local da escola: Você deve observar se é de fácil acesso e próximo a sua casa ou trabalho. Se você for levar a criança, não pode desviar demais do seu caminho. Se a criança for de Van (Perua) se a escolinha for mais próxima a sua casa, mais rápido ela chegará e menos tempo passará dentro da Van.
  2. Estrutura física da escola, se é arejada, possui espaço adequado, tem proteção para quedas, ambientes seguros, biblioteca, brinquedoteca, etc.
  3. Limpeza e organização da escola.
  4. refeitório adequado e limpo, com cadeiras e mesas adequadas para o tamanho das crianças, cardápio elaborado por nutricionista, lanchonete com restrição de guloseimas
  5. Cordialidade e tratamento das pessoas na instituição. Observe o tratamento das pessoas da escola com você e com seu filho (a), veja se tem empatia, se o seu filho (a) se sente acolhido.
  6. Proposta pedagógica da escola. Veja se te atende, se é o que espera, pergunte, questione! Como seu (a) filho será estimulado, como vai desenvolver em cada etapa, converse com o coordenador pedagógico.
  7. Quantos alunos e quantos responsáveis por turma (no berçário e maternal são dados super importantes, pois uma única pessoa responsável não consegue lidar com muitos bebês)
  8. Preço da escola. Veja se o preço é acessível para você. Existem muitas opções de escolas!
  9. Tenha alguma indicação, recomendação de pais de alunos. Procure saber o que os pais de alunos acham da escola, pontos positivos e negativos reais.
  10. Pergunte qual a conduta da escola em casos de acidentes, febre, etc. (possui enfermaria, encaminha para o hospital, etc)
  11. Veja as atividades extracurriculares que ela oferece (talvez você pense em alguma atividade que a escola pode oferecer curricularmente ou não a criança e facilitar de “fazer tudo” num lugar só.
  12. Observe se há segurança na escola. Seguranças na portaria, câmeras de vigilância, como é controlada a entrada e saída de pessoas e alunos.
  13. O  local de passa segurança e tranquilidade? Lembre-se seu instinto materno também é aliado nessas horas.

Esses foram os principais pontos avaliados por nós por aqui! Esperamos que ajude quem está procurando!

Boa sorte para a mãe neura e no momento carente por aqui…

Anúncios

28 comentários sobre “Já vai para a escolinha? O que você precisa saber para escolher!

  1. Janis disse:

    Adorei as dicas! Segui muitas delas quando fui escolher a escola da Lara. E confesso que isso me ajudou muito! Hoje não tem nenhuma dor de cabeça, graças a pesquisa e ponderação de vários quesitos que considero cruciais para mim.
    Tenho certeza que esse post ajudará muitas mamães!
    Beijos

    Curtir

  2. Jenifer disse:

    Quando escolhi a escola da Sofia levei em conta muitas das dicas que você deu, apesar da escola que ela vai ser municipal um dos fatores que contou muito para a decisão pela escola foi o tempo que levaria do trabalho até a escola caso necessário…
    Bjs

    Curtir

  3. Juliana disse:

    Esse dia D, não é fácil…
    Também achava que meu filho iria gostar, pq. ele sempre foi falante, gostava de brincar… mas quando coloquei ele com 2 anos e meio, me arrependi… Percebi que estava errada, que nem tudo que parece ser, é… Meu filho chorou muito, e ai decidi tirar.
    Hoje meu filho está com 4 anos e meio, e vai para a escola, mas feliz da vida…. Aprendi que as vezes a gente planeja tanto, faz listas, escolhe, e na hora H, não dá nada certo e tudo que pensamos que era bom para nosso filho, não é exatamente como planejamos…
    Desejo boa sorte, força nessa coração e espero que seja bom e de tudo certo…
    Adorei as dicas, é tudo que as mães precisam, além de muita confiança na escola e segurança nas atitudes.
    Bjs
    Ju
    http://www.maesemfronteiras.com.br/

    Curtir

  4. Cris Philene disse:

    Ai… lendo lembrei da primeira vez do Joseph tb aos dois anos… chorou… mais depois ficou bem e dava tchau numa boa.
    É muito importante estarmos seguras quanto a escola e fazer a escolha adequada a cada um de nós, bjs

    Curtir

  5. Flavia Miranda disse:

    Não tive coragem de colocar o Arthur tão cedo… Já que eu poderia ficar com ele em casa optei por esperar mais e somente esse ano, vai começar… Com quase 4 anos… Minha escolha foi justamente por esses medos que você disse…. Será que vão cuidar dele? Se ele chorar ou cair, vão dar o mesmo carinho? Não, não vão!!! Carinho e atenção de mãe é muito diferente. Ainda hoje… Mesmo com mais de 3 anos eu ainda sinto muito por ter que deixa-lo ir… Mas já saberá se defender e contar se algo acontecer. E ir para a escola de transporte escolar, nem pensar! rss… Pelo menos não enquanto eu mesma puder fazer isso.
    Espero que a adaptação seja tranquila para vocês. Beijos

    Curtir

  6. verubp disse:

    Confesso que só de pensar nisso me da um frio na barriga, rs.
    Desde que Iasmin nasceu fico com ela todos os dias, todo o tempo e sei que vai ser muito dificil, ficar pensando se vao cuidar bem dela. Mas esse dia vai chegar e amei todas essas dicas Ari.

    Aqui resolvemos colocar a Iasmin apenas com 3 anos, então vai ficar para ano que vem!
    Abraços!
    http://www.pipocasemaquarela.com

    Curtir

Conte aqui o que você achou do texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s