Uma pequena reflexão sobre Maternidade X Carreira

Ontem assisti ao trailer do documentário “Com Licença” que vai falar principalmente sobre a questão Maternidade X Trabalho. Abaixo segue o trailer.

Fiquei emocionada, chorei e pensei o quanto essa questão foi difícil para mim. E o quanto é difícil para a maioria das mães.

Pensei muito sobre isso. O quanto a sociedade hoje tem uma visão um tanto quanto equivocada sobre o cuidado com as crianças. Uma frase que me chamou muita atenção foi: “Não existe nenhuma vantagem para a sociedade em descuidar”. Não existe, mas a sociedade tem valorizado muito mais o ter, o ser do que o cuidar.

Falta apoio. Para a mãe que deixa sua carreira de lado, apoio para a mãe que segue sua carreira.

Se a mãe pára de trabalhar fora, abandona sua carreira, em nenhum momento se pergunta a ela o quanto foi difícil fazer isso, pois com certeza ela tinha sonhos, ela lutava por isso. A maioria das vezes quem resolve parar de trabalhar escuta: “Ah, então você só fica em casa” O que é ficar em casa? O que é cuidar de uma criança? Cuidar de uma casa, de uma família?  O que é depender financeiramente do outro? Isso não é nada?

E a mãe que seguiu a carreira,  alguém perguntou como é difícil deixar o seu filho para outro cuidar, como é difícil perder os grandes marcos do desenvolvimento (engatinhar, andar, falar), muitas vezes essas mães, não verão estes momentos. E não é só isso. Como uma mãe que trabalha ás 07:00 e muitas vezes foi dormir as 06:00, ou nem dormiu, consegue ter o mesmo rendimento no trabalho? Como deixar seu filho doente para trabalhar?

Outra questão para se pensar é sobre a licença paternidade. O pai tem 5 dias de licença, o que se faz em 5 dias? O pai como dito no vídeo é quase um convidado, não é parte ativa deste momento.

Estou ansiosa pelo documentário. Estou ansiosa para ver como questões tão delicadas estão sendo tratadas e estou feliz por se estar falando nisso.

Mas aí você que não é pai nem mãe está lendo este texto e se pergunta: Se é difícil ficar em casa e é difícil trabalhar fora, o as mães querem?

Queremos respeito, apoio. Queremos ser reconhecidas pelo trabalho de criar um ser humano. Queremos ter o direito de ficar com nossos filhos se estiverem doentes e progredir na carreira. Queremos apoio para sair para trabalhar e termos serenidade no trabalho. Esse apoio tem que ser prioridade na sociedade.Sei que um dia (pode ser que demore) chegaremos a isso, afinal, como foi citado no vídeo, “Deus é mãe”!

Anúncios

Conte aqui o que você achou do texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s