Mãe Felícia

Achei que seria uma mãe ciumenta, sabe, daquelas que se o filho quiser pular no colo de outra pessoa quase morre? Pensei que seria assim, uma mãe meio Felícia, lembram da dela (“vou te abraçar, apertar, te encher de beijinhos”) bom, sou meio Felícia sim, mas fico feliz de não ser ciumenta. Na verdade, comecei esse post, para dizer o quanto é bom quando vemos o amor dos outros pelos nossos filhos! Amor dos avós, dos tios, dos primos. Sentir que eles são amados não só por nós pais e bom demais! Dá um orgulho, um certo conforto, é muito bom! Afinal criamos eles para isso né? Serem amados, admirados, se relacionarem com os outros, serem felizes. È gostoso ver como os relacionamentos de uma pessoinha que nasceu de você vão acontecendo, como os laços vão se firmando, como ele começa a demonstrar amor, empatia, simpatia.

Hoje me peguei divagando sobre isso, como é lindo ver um relacionamento se desenvolver. Como é lindo uma criança se desenvolver.

Sou uma mãe Felícia sim, abraço, aperto, encho de beijos, mas não prendo, deixo ele fora da “gaiola”. Percebi que posso abraçar sem sufocar, e que amor não é dividido, só aumenta…

Anúncios

Conte aqui o que você achou do texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s