15 Coisas que toda mãe vai querer saber sobre Amamentação

amamentação.20minutospratudo

Amamentar é o melhor que você pode fazer para seu bebê. Mas a amamentação não é um processo fácil. Por isso, resolvi escrever esse artigo para ajudar nesse momento essencial e delicado.

Quero começar falando de 15 coisas que toda mãe vai querer saber sobre Amamentação

  1. Amamentar não é fácil! Temos na cabeça aquela imagem linda da mãe serena, com o bebê nos braços, e ele olhando para ela e sugando com vontade! Nossa, quando imaginamos isso, achamos que será supe
    pega correta.20minutospratudo

    A Pega Correta Fonte: Maternidade São Luís

    r fácil amamentar. Bom não é! O Bebê precisa aprender a sugar corretamente, precisa desenvolver o movimento para sugar mais. Alguns bebês são mais preguiçosos no início e ás vezes precisamos acordá-los, tirar a roupinha, mexer no pezinho para que ele não durma e continue sugando.Para a mãe é difícil, ela acabou de passar por um parto, está cansada e ainda não sabe como ajeitar o bebê corretamente. Então não precisa se frustar quando a primeira vez que você tentar amamentar, não sair tudo perfeito, com a prática e muita insistência, você vai conseguir.

  2. Amamentar pode doer. Sim, no início liberamos hormônios que ajudam a contrair o útero para que ele volte ao tamanho normal (o que é ótimo), isso acontece assim que o bebê começa a sugar. É uma dor tipo cólica menstrual, mas em poucos minutos, liberamos outro hormônio que transforma a dor em sensação de bem estar e prazer!
  3. O leite não aparece no primeiro dia. O primeiro leite liberado, na verdade é o colostro, ele é rico em defesas imunológicas para o bebê. O leite mesmo, vem entre 3 e 5 dias e aí a mãe pode ter febre, as mamas podem inchar muito e ficarem avermelhadas. O bico do seio fica sensível. O mais importante nessa hora e colocar o bebê para sugar muito! Isso faz com que não ocorra o ingurgitamento mamário que é quando o leite “empedra”, quando o bebê suga, ele regula a produção e esvazia as mamas, evitando o ingurgitamento. Pode ser um pouco incômodo mas insista, logo, a produção vai se adequar e você não sentirá mais isso.
  4. A produção de leite é aumentada pelo estímulo de sucção do bebê e pela quantidade de líquido ingerida. Não adianta, simpatia, cerveja preta, canjica, etc. O que funciona para a produção de leite é o bebê sugar e você ingerir muito líquido! Então tome muita água, suco,etc. E coloque o bebê para mamar.
  5. A pega incorreta do seio pode te machucar. O bebê para ter feito a “pega” correta ele deve abocanhar a auréola e o bico do seio, a língua tem que estar na parte debaixo da boca na figura acima podemos visualizar melhor. É importante demais que a mãe procure ajuda nos primeiros momentos de amamentação( na maternidade por exemplo) para saber se o bebê está fazendo direito. Chame as enfermeiras, médicos, quem você puder para ajudar. Pergunte, tire todas as suas dúvidas! Isso ajuda demais!
  6. O leite materno não é fraco! Isso é um mito que cada vez mais vem sendo derrubado! O leite materno é o melhor para o bebê até os 6 meses de vida. Não existe leite fraco! Uma das maiores dúvidas para a mãe e saber se o leite é suficiente e se o bebê está mamando corretamente ( como queria que meu peito tivesse um indicador de mL tomados!) para saber isso, é preciso avaliar o ganho de peso do bebê e a quantidade de xixi e cocô diárias e se ele se mostra ativo. Normalmente, se a fralda não foi molhada em 6 horas, significa que o bebê esta ingerindo pouco líquido. A moleira do bebê também fica mais funda se ele estiver desidratado, então observe!
  7. O que você come pode dar cólicas ao bebê? Bom esse é um assunto difícil! Muita gente fala que sim, muita gente fala que não! Eu recomendo uma ingestão de alimentos menos gordurosos. Toda vez que comia algo com mais gordura, notava um pouco mais de cólicas no Biel.
  8. A amamentação deve ser em em livre demanda! Pessoal, o bebê quer mamar, ofereça o peito. Não precisa esperar, duas, três, quatro horas! Garanto para vocês por experiência  própria que

    com o passar do tempo,  ele regula o próprio horário. Mas não vá achando que com uma semana ele é capaz de dormir a noite inteira sem mamar. Sem contar que no primeiro mês, se recomenda que o bebê não passe mais de três horas sem mamar, pois pode ter hipoglicemia (queda de açúcar no sangue), a partir do primeiro mês se ele conseguir passar de três horas tudo bem. Eu sei que é difícil, (eu amamento ha um ano e um mês) mas deixe ele mamar quado quiser. Assim ele ganha peso corretamente e consegue naturalmente e vai aprendendo a regular seu organismo.

  9. Descansar é preciso!  Eu fiquei sozinha a partir do primeiro mês com meu bebê, parece impossível conseguir descansar, mas se você tiver como, descanse. Esqueça a casa, a roupa para lavar, pense assim, se o bebê dorme, você dorme, se ele acorda, você acorda! Aproveite para dormir 15 minutos se for o caso. Quando dormimos liberamos mais prolactina que é o hormônio responsável pela produção de leite, logo isso auxilia muito!Procure amamentar em um lugar onde você esteja confortável, poltrona, cama, sofá, cadeira, o importante é você estar bem!
  10. O bebê não precisa de mais nada além do leite até os 6 meses de vida! Não precisa de água, chás nada disso, apenas o leite materno.
  11. Não significa que seu peito irá ficar cheio o tempo inteiro! Depois de regulada a produção de leite, o peito pode não ficar com a aparência de cheio, mas tem leite sim! Chega um momento que pensamos, mas o peito não enche mais? Na verdade, ele tem leite, e a maior parte do leite e produzida enquanto o bebê suga, então não se preocupe, você está fazendo certo.
  12. Existem alguns remédios que aumentam o leite. Não vou citar quais, mas existem, se notar que o bebê não está ganhando peso e sua produção de leite está diminuindo, converse com o pediatra, ele pode te ajudar a não parar de amamentar.
  13. Passar bucha no bico do seio não vai ajudar em nada na amamentação. Você esta grávida, seio dolorido e alguém te fala para esfregar uma bucha debaixo do chuveiro para preparar o seio para amamentar. Você sofre e isso não ajuda.Não existe uma preparação para o seio.  Não é recomendado o uso de óleos e hidratantes nessa região que podem deixar a pele mais fina. Quando iniciar a amamentação é indicado o uso de pomadas a base de lanolina para proteger de eventuais rachaduras, mas quem prescreve é seu obstetra, converse com ele.
  14. Amamentar ajuda a voltar mais rapidamente ao peso de antes da gravidez. Um dos objetivos do ganho de peso na gestação é que o corpo tenha reservas para produzir leite. A mãe que amamenta, está com o metabolismo mais acelerado, pois e gasta muita energia para produzir leite. Logo amamentar te ajuda a emagrecer.
  15. Amamente após os seis meses! Se você tiver como, amamente até os dois anos (isso é recomendando pela Organização Mundial da Saúde, amamentação exclusiva até seis meses e complementar até dois anos). Amamentar é sim umas das coisas mais maravilhosas da maternidade! Vale a pena!Insista muito, se informe, pergunte!

Em alguns casos, não é possível continuar com a amamentação, por inúmeros motivos. Se for esta sua realidade, não se culpe, cuide de seu bebê.

Vale lembrar que o pediatra deve acompanhar mensalmente seu bebê no primeiro ano. Não se esqueça de tirar dúvidas e entrar em contato com ele se você notar algo diferente.

Anúncios

Conte aqui o que você achou do texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s